A segurança da informação é um assunto que está em alta no mundo inteiro, e os profissionais da área são os que mais precisam se preocupar com esse tipo de medida, já que com suas práticas, eles mantêm o sistema de segurança de dados da empresa inteira sob vigilância. 

O que diminui significativamente os riscos de um possível ataque cibernético na rede de uma corporação, evitando vazamentos de dados confidenciais e ataques cibernéticos, como ransomwares. 

Listo aqui os 4 princípios fundamentais, também chamados de C.I.D.A, que devem ser colocados em prática simultaneamente para manter uma segurança de dados consistente em sua empresa.

1º Princípio – Confidencialidade 

É indispensável garantir que os dados armazenados em algum sistema sejam acessados apenas por pessoas autorizadas, isso significa que você precisa possuir um sistema de credenciais.

Recomenda-se que cada credencial tenha um nível de acesso, e estejam disponíveis apenas as informações pertinentes a seu uso.

2º Princípio – Integridade  

A integridade precisa existir para garantir que as informações não sejam modificadas por quem não possui autorização para realizar aquela tarefa.

É necessário que você tenha um sistema que verifique se a mensagem foi alterada no processo de análise ou envio. Alguns recursos que garantem a segurança dessas informações são:

  • Hash
  • Criptografia atrelada ao hash

3º Princípio – Disponibilidade

Este princípio é um dos mais simples e um dos que mais possuem falhas, baseia-se na garantia de que sua informação estará disponível assim que solicitada.

Ou seja, o usuário consegue acessar um servidor quando ele quiser sem ter problemas de lentidão ou erro ao tentar acessar o sistema.

Para garantir que essas informações fiquem disponíveis quando o usuário quiser, você deverá atribuir alguns recursos em sua corporação, tais como:

  • Backup
  • Raid
  • No break
  • Alta Disponibilidade e contingência

4º Princípio – Autenticidade

A autenticidade serve para identificar e registrar quais ações o usuário tomou para realizar uma certa tarefa, mapeando quais ações foram feitas, como: edição, transferência, cópia etc.

Esse tipo de medida serve como monitoramento de segurança interna e externamente, para que caso haja algum tipo de vazamento de informação, seja possível identificar quem foi o responsável e quando ocorreu.

Outros recursos utilizados para garantir a esses pilares da Segurança da Informação são:

  • Criptografia
  • Senhas
  • Biometria
  • Certificados digitais
  • Assinatura digital

Conclusão

Se você é um profissional de segurança da informação e ainda não implementou todas essas medidas de segurança de dados em sua empresa, saiba que a sua corporação está vulnerável a diversos tipos de vazamentos de informações e a danos incalculáveis.

Se você deseja conhecer uma solução que pode implementar todas essas medidas de forma integrada, segura, eficiente e sem perder tempo com o desenvolvimento de novas soluções, clique aqui e saiba mais sobre nossa solução PAM e assegure uma infraestrutura segura.