BR +55 11 3069 3925 | USA +1 469 620 7643

Descubra como funciona uma auditoria e quando contratar

por | jan 15, 2019 | Blog

A transformação digital e os rápidos avanços da tecnologia revolucionaram o trabalho da TI. Mais do que um setor responsável por simplesmente “apagar incêndios”, seu papel passou a ser estratégico para a empresa. Consequentemente, o gestor deve adotar medidas para otimizar cada vez mais seu desempenho.

Nesse sentido, a auditoria de TI é uma ferramenta extremamente eficiente. No entanto, é comum se deparar com algumas dúvidas sobre como ela é realizada. Neste post, mostraremos como a auditoria funciona, como identificar o momento de recorrer a ela e quais os benefícios que isso traz.

Como é realizada uma auditoria de TI

Uma auditoria de TI pode ser acionada por diversos motivos e, consequentemente, tendo em vista diferentes objetivos. Ela pode catalogar boas práticas, avaliar processos de forma aprofundada, levantar pontos a serem melhorados etc. O foco específico vai depender das necessidades de cada empresa.

Para começar, ela pode ser interna ou externa. No primeiro caso, é realizada por funcionários da própria empresa; no segundo, uma empresa de consultoria é contratada especificamente para isso — o principal benefício é contar com um olhar de fora, isento da influência causada pelo dia a dia da empresa.

Indo além, são utilizados alguns critérios para a análise de cada item. A norma ISO 20.000, por exemplo, estabelece parâmetros para avaliação da qualidade dos processos de TI. Ela é compatível com a Information Techcnology Infrastructure Library (ITIL) e ajuda a alinhar os objetivos estratégicos às práticas de rotina da empresa.

Do ponto de vista prático, a auditoria é feita seguindo algumas etapas.

  • Análise de processos

Rotinas de atividades são fundamentais para a organização de qualquer empresa. Por isso, a auditoria faz uma análise específica sobre os processos. Nela, é verificado se eles estão mapeados em detalhes e se a execução está de acordo com o que foi descrito nos documentos, por exemplo.

  • Análise de informações

Nessa fase, a TI é analisada com base nas normas e em padrões internacionais de desempenho. Isso ajuda a identificar falhas, indicando à empresa os pontos a serem corrigidos ou mesmo melhorados para que a eficiência operacional seja maior.

  • Identificação de oportunidades

A auditoria não tem como único objetivo a correção de falhas. Identificar possíveis melhorias e oportunidades é tão importante quanto colocar os processos nos trilhos. Por isso, os relatórios gerados podem incluir pontos a serem discutidos no futuro — seja a nível operacional, seja a nível de gestão.

Quando recorrer à auditoria

O cenário tido como propício para a execução de uma auditoria é aquele no qual nada parece dar certo no setor de TI. Entretanto, a realidade é bem mais complexa do que isso — mesmo uma equipe em pleno funcionamento pode apresentar sinais de que uma auditoria é necessária, ou ao menos pode ser benéfica.

Estar atento a esses sinais é o primeiro passo para evitar que os problemas comprometam o desempenho do setor. Por isso, comece analisando a relação entre os objetivos da TI e os resultados reais.

Quanto mais disparidade houver entre o almejado e o alcançado, maior a necessidade de uma análise aprofundada. Problemas pequenos podem ter impactos grandes na produtividade de uma equipe — e a auditoria é a melhor forma de realizar os ajustes necessários.

Outro sinal que merece atenção é a falta de alinhamento com outros setores ou entre os membros da equipe. Processos mapeados de forma superficial podem fazer com que cada profissional atue de forma dispersa, comprometendo os resultados da equipe como um todo.

Além disso, a TI tem um papel fundamental no desempenho dos outros departamentos — se os recursos tecnológicos não forem aplicados com eficiência, a produtividade geral tende a ser mais baixa.

Para complementar, a dificuldade de inovar em tecnologia e métodos também é um indicativo a ser considerado. Um setor de TI engessado pode prejudicar a empresa em longo prazo, pois a infraestrutura tecnológica tende a se tornar obsoleta.

A auditoria ajuda a incitar uma cultura inovadora no setor, promovendo a melhoria contínua. Assim, vale destacar que a contratação periódica de uma auditoria, mesmo quando as coisas andam bem, é uma boa prática que ajuda a manter a empresa em evolução constante.

3 vantagens da auditoria de TI para a empresa

Os benefícios de contratar uma auditoria vão além da resolução de problemas operacionais da TI. Mostraremos a seguir os mais relevantes para toda a empresa.

1. Redução de custos

Primeiramente, a auditoria gera uma redução de custos significativa. Isso ocorre devido à eliminação de falhas operacionais que causam gargalos, retrabalho, desperdício, instabilidade no sistema etc.

A identificação de pontos a serem melhorados também pode gerar benefícios financeiros. A tendência é que a TI passe por um processo de convergência de plataformas, integrando sistemas e adotando métodos mais eficientes — como os indicados pela ITIL — para render mais com baixo custo.

2. Aumento da segurança de dados

A informação é hoje um ativo valioso, pois é capaz de gerar valor para os negócios. Com isso, a cibersegurança se tornou uma questão estratégica: uma empresa sujeita a vazamentos ou sequestros de dados corre o risco de perder espaço no mercado — basta ver os prejuízos causados pelos ataques ransonware em todo o mundo.

Dito isso, um dos benefícios da auditoria de TI é promover um aumento da segurança dos dados empresariais. A política de segurança da informação, por exemplo, pode ser avaliada com base nas boas práticas da ITIL para que os dados sejam mantidos com acessibilidade, disponibilidade e o nível adequado de proteção.

A infraestrutura de segurança digital (softwares) também pode passar por uma avaliação mais profunda para ser aperfeiçoada.

3. Adequação legal

Cada setor do mercado tem suas particularidades, o que inclui a necessidade de adequação às leis para funcionamento. Nesse sentido, a governança em TI é essencial para garantir a conformidade com os regulamentos e as leis relacionadas ao negócio.

Ao mesmo tempo em que a rotina operacional da TI favorece a produtividade dos outros setores, uma gestão com base em indicadores confiáveis garante adequação legal às exigências do mercado.

Como você pôde ver, são questões de extrema relevância para toda a empresa. Uma auditoria de TI pode ao mesmo tempo corrigir falhas e nortear a organização em um processo de melhoria contínua. Coloque essa ferramenta para trabalhar a seu favor e conquiste resultados cada vez melhores!

Força de senha: como criar senhas fortes para as credenciais?

A força de senha é um dos critérios considerados na criação de políticas de senhas. Afinal, essa é uma das medidas mais eficientes para evitar que as senhas sejam violadas. E se preocupar com isso é de suma importância para as organizações nos dias atuais. Isso porque...

Verizon Data Breach Investigation Report 2021: o que você precisa saber sobre esse relatório

A interação humana com as estruturas de TI representa uma das principais ameaças cibernéticas enfrentadas por organizações dos mais diversos portes e segmentos.  Essa é apenas uma das importantes informações extraídas do Verizon Data Breach Investigation Report 2021,...

Construindo uma indústria digital através do PAM

Com o avanço da tecnologia, os setores industriais encontram-se cada vez mais digitalizados por meio de soluções que otimizam os processos realizados nesses ambientes, reduzindo custos, eliminando falhas humanas e gerando mais produtividade.  Entre as tecnologias que...

O que fazer para diminuir os valores de seguro cibernéticos?

Quando se trata de segurança da informação, os riscos para as organizações estão cada vez maiores por uma série de fatores. Como exemplo, podemos mencionar o aumento no número de ataques cibernéticos, especialmente após a pandemia de covid-19, que acelerou a adoção em...

Alcançando a conformidade com a Lei Sarbanes-Oxley (SOX) usando controles de segurança cibernética

A Lei Sarbanes-Oxley (SOX) está associada principalmente à transparência da empresa e ao uso de controles contábeis e financeiros para proteger os investidores de relatórios financeiros fraudulentos. No entanto, é sempre importante lembrar o papel fundamental cada vez...

Gestão de Acesso Privilegiado (PAM): guia completo

Em 2021, houve um aumento de 50% no número de ataques em redes corporativas em relação ao ano anterior. É o que aponta a Check Point Research (CPR), divisão de Inteligência em Ameaças da Check Point. E muitos desses ataques envolvem a exploração desse tipo de...
Copy link
Powered by Social Snap