BR +55 11 3069 3925 | USA +1 469 620 7643

Ransomware está em todo lugar: conheça essa tendência 

por | out 18, 2021 | Blog

Quando se trata de proteção contra ransomwares, prevenir é melhor do que remediar, não é mesmo? Para conseguir isso, um olhar atento e o software de segurança certo são essenciais, já que um momento de descuido é o suficiente para ser vítima de um ataque cibernético.

Provavelmente você sabe o que é um ransomware, mas vale lembrar: ele é um tipo malware de extorsão que pode bloquear o seu computador e depois exigir um resgate para devolver os sistemas operacionais. Em maio de 2017, por exemplo, a variante WannaCry se espalhou pelo mundo e atingiu mais de 100 milhões de usuários, fazendo algumas vítimas importantes, como o Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido. A ação chegou a infectar mais de 230.000 computadores em 150 países em apenas um dia.

Desde então, o ransomware se espalhou por todo o mundo, com novos tipos e novos êxitos e, com isso, os fabricantes de soluções de segurança cibernética têm concentrado cada vez mais as suas ações em evitar os ataques desse “pirata” da atualidade. E para endossar a luta contra esse crime cibernético cada vez mais frequente, lançamos em nossas redes sociais a campanha #stopransomwareattacks, com objetivo de conscientizar os profissionais da área de TI e a sociedade sobre a variedade de formas que esse malware aparece nos sistemas operacionais e quais são os riscos causados por um simples click.

 

Quais são os tipos de ataques?

As formas de ataques são diversas: vão desde mensagens sobre aplicativos não licenciados a falsas alegações sobre conteúdo inapropriado, resultando, em alguns casos, o pagamento de multas ou a necessidade de restauração de dispositivos com as configurações de fábrica.

Entre as formas mais agressivas às imperceptíveis, algumas das principais variantes de ransomware são:

Petya: Vai além da invasão aos arquivos e pode parar todo o sistema, causando resultados devastadores.
zCrypt: Não ataca diretamente os arquivos; ele atua como um vírus clássico, agindo nos arquivos recentemente manejados para potencializar o impacto.

Jigsaw: Esse ataque começa com uma simples mensagem de saudação, seguida de um pedido de resgate, ameaçando a vítima com a exclusão de todos os seus dados em 72h.

Wannacry: a infecção por esse ransomware foi de fato uma epidemia global, assustando a todos e fazendo empresas e órgãos governamentais correrem para buscar soluções de proteção. Estima-se que as perdas causadas por esse software malicioso tenham somado em US$ 4 bilhões em todo o mundo.

O ransomware, em todas as suas formas e variantes, representa uma ameaça significativa tanto para os usuários independentes quanto para as empresas. Por isso, é ainda mais importante estar atento às ameaças que ele representa e ser mais cuidadoso nas eventualidades.

Junte-se à campanha #stopransomwareattacks! Poste fotos em suas redes com placas escritas com a hashtag, marque o perfil do senhasegura e compartilhe com amigos… Vamos frear a dinâmica da atividade maliciosa!

Se quiser saber mais sobre como um ransomware age em um sistema, o senhasegura vai promover o webinar “Dissecting Ransomware Attack – Protecting your Company Accesses” (o evento será em inglês) no dia 26 de outubro, às 10h (horário de Brasília), com uma demonstração ao vivo feita pelo Cybersecurity Researcher, Filipi Pires, e pelo Analista de Sistema do senhasegura, Gabriel Oba, que vão esclarecer todas as dúvidas com uma abordagem altamente consciente do uso de dispositivos e qual é o produto adequado para aplacar os riscos desse tipo de investida maliciosa.

 

SAIBA MAIS

Você está curtindo esse post? Inscreva-se para nossa Newsletter!

5 + 13 =

Enviaremos newsletters e emails promocionais. Ao inserir meus dados, concordo com a Política de Privacidade e os Termos de Uso.

Força de senha: como criar senhas fortes para as credenciais?

A força de senha é um dos critérios considerados na criação de políticas de senhas. Afinal, essa é uma das medidas mais eficientes para evitar que as senhas sejam violadas. E se preocupar com isso é de suma importância para as organizações nos dias atuais. Isso porque...

Gestão de Acesso Privilegiado (PAM): guia completo

Em 2021, houve um aumento de 50% no número de ataques em redes corporativas em relação ao ano anterior. É o que aponta a Check Point Research (CPR), divisão de Inteligência em Ameaças da Check Point. E muitos desses ataques envolvem a exploração desse tipo de...

Qual é o risco de senhas hardcoded para o seu negócio?

Já estamos no mês de maio, e você sabe o que comemoramos na primeira quinta-feira deste mês? Sim, é o Dia Mundial das Senhas. Celebrado desde 2013, este dia vem nos lembrar da adequada consciência cibernética e da importância da proteção das senhas em todos os...

As 7 melhores práticas de gestão de patches de tecnologia operacional

Para proteger infraestruturas críticas contra invasores, a abordagem recomendada é a de pensar como eles. Ativos de Tecnologia Operacional (TO) vulneráveis são uma ótima oportunidade para agentes mal-intencionados. Quando os patches são lançados ao público, as...

As melhores práticas de prevenção contra roubo de dados

É importante ressaltarmos que com a transformação digital e o aumento na utilização dos meios digitais identificados nos últimos anos, houve também um disparo na prática de crimes cibernéticos, ou seja, aqueles crimes que ocorrem através dos meios virtuais. Esses...

Ciber Ataques – Sua empresa consegue encarar?

Apesar do arrefecimento da pandemia de Covid-19, os desafios associados a esse período ainda estão sendo endereçados pelas organizações. E para segurança cibernética, 2021 não foi um ano fácil para as organizações desde organizações de saúde e indústria...
Copy link
Powered by Social Snap